O programa Avance, que fornece Bolsa Universitária para alunos de escola pública, foi criado recentemente pelo Governo do Ceará, com a finalidade de ajudar milhares de estudantes que pretendem ingressar no ensino superior, mas que precisam de alguma oportunidade especial.

O programa Avance, irá fornecer para quem estiver apto a inscrição, uma bolsa de R$ 937* durante os seis primeiros meses do primeiro ano, de um curso superior. Estes alunos devem obrigatoriamente concluir o ensino médio em escolas públicas.

Em 2017 o Ministério da Educação e instituições credenciadas, contemplaram mil estudantes do Ceará com este benefício.

A bolsa do programa Avance Ceará caso permaneça em 2018, será renovada para o valor do salário mínimo vigente. E o texto aprovado pelo Legislativo, o benefício também poderá ser concedido no período de 12 meses, mas sendo a metade do valor total para os 6 meses, ou seja, o estudante poderá optar por receber um auxílio de um salário mínimo por seis meses, ou meio salário mínimo por doze meses.

Quem tem direito ao programa Avance?

Para poder tentar uma das vagas oferecidas pelo governo, o aluno deverá terminar o ensino médio em escola pública e estar matriculado em um dos cursos superiores das instituições credenciadas no programa. O Avance Ceará também irá exigir que o aluno seja membro de família que recebe benefício do Programa Bolsa Família.

Outra exigência para tentar uma das vagas é prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter uma média igual ou superior a 560 pontos no exame.

Lembrando que para participar do Programa Bolsa Família, é preciso estar na faixa de pobreza e extrema pobreza, da média governamental. Uma família de extrema pobreza conta com renda mensal de até R$ 85 por pessoa, já uma família pobre para o governo, são aqueles com renda mensal entre R$ 85,01 e R$ 170 por pessoa. Esses dados são para 2017.

Como funcionam as inscrições?

As inscrições do programa ‘Avance Ceará’, serão feitas através de um edital que será divulgado pela própria Secretaria Estadual da Educação. Aconselhamos que siga às notícias através do próprio portal do Governo do Ceará, no link: www.ceara.gov.br

Este edital será divulgado com pelo menos 15 dias de antecedência a abertura das inscrições.

Segundo um dos aprovadores deste projeto o Governador Camilo Santana, o número de bolsas para 2018 será o mesmo que foi em 2017, ou seja, mil bolsas para jovens cearenses, que terão uma ajuda de custo no valor de um salário mínimo, por seis meses de seu curso superior.

A titular da Seduc também cita que muitos alunos da capital são aprovados em outras cidades do estado, onde é preciso toda uma mudança. Com essa ajuda do governo, o período é tempo necessário para se adaptarem a nova situação.

Índices de ingresso no Ensino Superior

Nos últimos três anos o índice de aprovação dos alunos de escolas públicas estaduais, no Ensino Superior (Faculdade), cresceu uma média de 29%, onde pouco mais de 25 mil estudantes, foram ingressados em universidades públicas e privados.

Com quase 15 mil estudantes em universidades públicas do Brasil, o índice mostra que o crescimento também vem sendo otimista, graças principalmente a programas de aprovação como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que garante o acesso aos estudantes através de notas do ENEM.

Aqueles que obtiveram acesso a universidades através dos vestibulares públicos, foram mais de três mil alunos. Já nas universidades privadas o número passou dos quatro mil alunos, que foram selecionados graças ao Programa Universidade para Todos (Prouni), que também usa as notas do Enem para conceder bolsas integrais e de até 50% (parciais), nestas faculdades.

O programa Avance Ceará, está ai para aumentar ainda mais estes números e oferecer um estudo de qualidade para seus estudantes.